REVISTA TERCEIRA IDADE

IDOSOS MAIS OTIMISTAS JULGAM E TEM MEMÓRIA MELHOR



ANN ARBOR — Quando os idosos se sentem otimistas sobre o futuro, eles ficam menos propensos a ter problemas de memória, de julgamento e resolvem os problemas com mais facilidade, comprova uma nova pesquisa realizada na Universidade de Michigan.

O otimismo tem sido associado a comportamentos de saúde positivos, tais como exercitar e comer mais saudável, além de diminuir os riscos de problemas de saúde, incluindo ataques cardíacos e derrame.

Este é o primeiro estudo a avaliar a relação entre o otimismo e a saúde cognitiva de adultos com mais de 65 anos. Os pesquisadores usaram dados do estudo "Aposentadoria e Saúde", uma pesquisa nacional financiada pelo Instituto Nacional sobre Envelhecimento, conduzida pelo Instituto de Pesquisa Social da U-M.

Durante um período de quatro anos, cerca de 500 dos 4.600 participantes do estudo desenvolveram comprometimento cognitivo, uma condição em que eles enfrentam a diminuição da memória e/ou têm dificuldade em resolver problemas e tomar decisões. No entanto, os participantes do estudo que relataram alto nível de otimismo apresentaram risco de comprometimento cognitivo menor, disseram os pesquisadores.

Os resultados são importantes, considerando que a projeção é de um aumento do número de idosos que vivem com comprometimento cognitivo e demência de 5,1 milhões em 2015 para 13,8 milhões em 2050. Além disso, os custos de demência devem saltar de 226 milhões em 2015 para 1,1 trilhões em 2050.

"Acreditamos que se tratava de um tema importante para investigar. Pelo que sabemos, este é o primeiro estudo a examinar a ligação entre otimismo e comprometimento cognitivo dos idosos," disse a autora do estudo Katerina Gawronski, formada pela U-M e agora na Universidade da Pensilvânia. "Descobrimos que o otimismo está diretamente associado à uma melhor saúde cognitiva ao longo do tempo."

Gawronski e Eric Kim, da Universidade de Harvard, realizaram a pesquisa como estudantes da U-M.

Os pesquisadores dizem que os estudos controlados e randomizados têm mostrado que o otimismo pode ser modificado de uma maneira bem simples, usando exercícios de lápis e papel. Por exemplo, escrever sobre o "melhor possível de você mesmo" tem demonstrado aumentar o otimismo.

"Portanto, o otimismo pode ser um novo e promissor destino para a prevenção e estratégias de intervenções que visem melhorar a saúde cognitiva," disse Kim.

Os resultados do estudo aparecem na edição on-line da revista Psychosomatic Medicine.


Fonte: Fernanda Pires, Michigan News

PARA QUEM CHEGOU AOS 60 OU ESTÁ CHEGANDO LÁ


1 - Tome posse da maturidade. A longevidade é uma bênção! Comemore! Ser maduro é um privilégio; é a última etapa da sua vida e se você acha que não soube viver as outras, não perca tempo, viva muito bem esta. Não fique falando toda hora: "estou velho". Velho é coisa enguiçada. "Idade não é pretexto para ninguém ficar velho".

2 - Perdoe a você antes de perdoar os outros. Se você falhou, pediu perdão? Deus já o perdoou e não se lembra mais. Não fique remoendo o passado... Não se importe com o julgamento dos outros.

3 - Viva com inteligência todo o seu tempo. Viva a sua vida, não a do seu marido, da sua esposa, dos filhos, dos netos, dos parentes, dos vizinhos, dos amigos... Nem viva só pra eles, viva pra você também. Isto se chama amor próprio, aquilo que você sacrificou sempre! Nunca viva em função dos outros. Faça o seu projeto de vida!

4 – Coma e beba com moderação; durma o suficiente. Tenha disciplina. Fale com muita sabedoria. Discipline sua voz: nem metálica; nem baixinha; seja agradável!

5 - Poupe seus familiares e amigos das memórias do passado.Valorize só o que foi bom. Experiências caóticas, traumas, fobias, neuroses, devem ser tratadas com o psicoterapeuta.

6 - Não aborreça ninguém com o relatório das suas viagens. Comente apenas o destino e a duração da viagem, se alguém perguntar.

7 - Escolha bons médicos. Não se automedique. Não há nada mais irritante do que um idoso metido a receitar remédio pra tudo o que o outro sente.

Faça uma faxina na sua farmácia doméstica.

8 - Não arrisque cirurgias plásticas rejuvenescedoras. Elas têm prazo curto de duração. A chance de você ficar mais feio é altíssima e a de ficar mais jovem é fugaz. Faça exercícios faciais. Socorra os músculos da sua face. Tome no mínimo 8 copos de água por dia e 15min de banho de sol é indispensável.

9 - Use seu dinheiro com critério. Gaste em coisas importantes e evite economizar tanto com você. Tudo o que se economizar com você será para quem? No dia em que você morrer, vai ser uma feira de Caruaru na sua casa. Vão carregar tudo. Não darão valor a nada daquilo que você valorizou tanto: enfeites, penduricalhos, livros antigos, roupas usadas, bijuterias cafonas, ouro velho... prataria preta, troféus encardidos, placas de homenagens. Por que não doar as roupas, abrir um brechó ou dar todas as suas bugigangas?

10 - A maturidade não lhe dá o direito de ser mal educado. Nada de encher o prato na casa dos outros ou no self-service ou numa festa de casamento, falar de boca cheia é insuportável.

11 - Só masque chiclete sem testemunhas. Não corra o risco de acharem que você já está ruminando ou falando sozinha.

12 - Aposentadoria não significa ociosidade. Você deve arranjar alguma ocupação interessante e que lhe dê prazer, serve qualquer coisa ganhando ou gastando (se tiver), dinheiro.

13 - Cuidado com a nostalgia e o otimismo. Pessoas amargas e tristes são chatíssimas, as alegres demais, também. Elogie os amigos, não fique exigindo explicações de tudo. Amigo é amigo.

14 - Leia. Ainda há tempo para gostar de aprender. A maturidade pode lhe trazer sabedoria. Coloque-se no grupo sempre pronto para aprender. Não se apresente em lugar nenhum dizendo: sou muito experiente!

15 - Não acredite nas pessoas que dizem que não tem nada demais o idoso usar roupas de jovens, cuidado. Vista-se bem, mas com discrição.

16 - Seja avó do seus netos, não a mãe nem a babá. Por isso nem pense em educá-los ou comprometer todo o seu tempo com as tarefas chatas de ir buscar na escola, levar a festinhas, natação, inglês, vôlei... Só nas emergências. Cuidado com aquela disponibilidade que torna os outros irresponsáveis.

17 - Se alguém perguntar como vão seus netos, não precisa contar tuuuuuuuudo! Evite discorrer sobre a beleza rara e a inteligência excepcional deles. Cuidado com a idolatria de neto e o abandono dos filhos casados...

18 - Não seja uma sogra ou sogro chato. Nunca peça relatório de nada. Seu filho tem a família dele. Você agora é parente! Nunca, nunca, nunca mesmo, visite seus filhos sem que seja convidado. Se o filho ligar pra você, não diga: ah! lembrou finalmente da sua mãe? É melhor dizer: Deus o abençoe meu filho.

19 - Cuidado em atender ao telefone: se a pessoa perguntar como você vai e você responder "estou levando a vida como Deus quer"; "a vida é dura"; "estou vencendo a dureza"; você vai ver que as ligações dos amigos e dos parentes vão rarear, cada vez mais.

20 - A maturidade é o auge da vida, porque você tem idade, juízo, experiência, tempo e capacidade para se relacionar melhor com as pessoas. Então delete do seu computador mental o vírus da inveja, do orgulho, da vaidade, promiscuidades, cobranças, coisas pequenas e frustrantes para tomar posse de tudo o que você sempre sonhou: a felicidade.

* Ivone Boechat é mestre em educação, pedagoga, conferencista e escritora. Autora do livro "Estratégias para encantar educadores na Arte de Aprender".