ESCOVAÇÃO DE DENTES PARA IDOSOS

A escovação deve seguir os critérios normais. Muita atenção na limpeza ENTRE os dentes (peça orientação ao seu dentista) com fio dental e/ou usar as ESCOVAS INTERDENTAIS. 

Escovas elétricas podem ajudar àqueles com dificuldade motora (por “derrame”, artrite na mão/ombro, quedas, acidentes). Suportes de fio dental são encontrados nas casas de artigos dentários. 

Pastas dentárias com Flúor (deve estar escrito 1.500 ppm na caixa) e Bochechos fluoretados ajudam na manutenção de boas condições bucais. Escovas especiais para limpar próteses são encontradas nas dentais e são muito válidas para remover os restos mais escondidos dos alimentos, que depositados, à cada refeição um pouquinho, vão acabar formando os “tártaros”.

Vale alertar para os cuidados com próteses dentárias, não é?

Sim e como! É muito comum os pacientes colocarem novas próteses totais ou parciais ou implantes e não voltarem mais aos dentistas. Isto é MUITO errado, pois um profissional capacitado deve ver sua prótese todos os anos para ver como está sua adaptação à base (ao rebordo ósseo de suporte) e indicar ou não os necessários REEMBASAMENTOS. 

Fazendo estes reajustes, se consegue o melhor funcionamento das mesmas, evitando que causem dano aos dentes suportes (nas parciais) ou induzam à reabsorção do rebordo) onde as próteses se apoiam, e que também deixem de usá-las, mudando sua alimentação e prejudicando sua saúde geral por decorrência. Também estas visitas servem para ver as condições gerais da boca e o dentista ver se não existem sinais precoces de lesões na boca, muito frequentes nesta faixa etária e que devem ser tratadas/diagnosticadas com rapidez. NENHUMA PRÓTESE É ETERNA. Todas precisam ser verificadas REGULARMENTE.

Fonte: http://odontologiaesaudebh.com.br/blog/

.