IBIRAPUERA FAZ 60 ANOS E GANHA DUAS SEMANAS DE FESTA

TERCEIRA IDADE IBIRAPUERA JOGANDO CAPEIRA
Ioga, manuseio de animal silvestre ou uma boa apresentação de jazz. Quem passar pelo parque Ibirapuera, na zona sul de São Paulo, nas próximas semanas, poderá escolher atrações para participar das comemorações pelo 60º aniversário do local.

A "terceira idade" do Ibira, como é carinhosamente chamado, chegará na próxima quinta-feira (21), mas a festa começa já neste sábado (16), seguindo até o dia 31.

Nesse período, quem visita a área para correr, andar de bicicleta ou apenas aproveitar o espaço ao ar livre poderá experimentar golfe, fazer uma aula de dança de salão e até arriscar no karaokê.

Neste sábado, os visitantes podem acompanhar a abertura do Bourbon Street Fest a partir das 15h30, com apresentações, entre outros, do Orleans Street Jazz Band e do pianista Allen Toussaint. O show é gratuito e acontecerá na arena de eventos.

O parque é o mais popular de São Paulo e o oitavo melhor do mundo, segundo eleição feita pelo site Trip Advisor. Recebe em média 220 mil pessoas por semana, sendo o domingo o dia mais lotado, com cerca de 120 mil visitantes.

Foi inaugurado em 21 de agosto de 1954, com mais de sete meses de atraso.

A ideia era que a abertura acontecesse no aniversário de 400 anos da capital paulista, comemorado em janeiro daquele ano.

Na época, o parque foi descrito como "o mais moderno logradouro público do mundo". Os apitos das fábricas e os sinos das igrejas anunciaram a inauguração às 11h daquele dia. A abertura dos portões, porém, aconteceu apenas às 15h.

O grande destaque era a marquise projetada por Oscar Niemeyer.

O auditório Ibirapuera, também projetado por Niemeyer, nos anos 1950, foi alvo de uma das mais intensas polêmicas até o início das obras, em 2002.

Como o conjunto arquitetônico do parque é tombado, a construção gerou debates em diversas instâncias judiciais --a inauguração aconteceu em 2005.