LARES DE LUXO PARA IDOSOS CRESCEM EM PORTUGAL

Mar a perder de vista, jardim de Inverno e piscina aquecida costumam ser luxos reservados a hotéis de cinco estrelas, mas também podem integrar o "cardápio" de um lar destinado a idosos.


O conceito de lares de terceira idade para idosos "endinheirados" está a crescer em Portugal e rompe com o estigma em relação aos lares tradicionais como locais onde se depositam os mais velhos.

Na Marginal que liga Lisboa a Cascais, mais precisamente na Parede, há uma residência assistida com três andares e capacidade para 105 idosos. Ali nenhum pormenor é esquecido para "dar vida aos anos" dos mais velhos.

A entrada do edifício envidraçado, decorada com flores, tem o mar como pano de fundo. No interior, reinam os espaços amplos, sem barreiras arquitectónicas, decorados em tons claros e com revestimentos em madeira que dão um ar acolhedor à "casa", onde não falta uma sala de jantar para os residentes poderem fazer refeições com a família e os amigos.



Quem entra naquele espaço não rompe com o passado. Os apartamentos ou suites estão praticamente vazios - têm apenas uma cama articulada - para que os residentes possam decorá-los com os seus móveis e objectos pessoais.

Maria do Carmo, 81 anos, foi das primeiras moradoras da residência. Quase três anos depois, o balanço que faz não podia ser melhor: "Tenho uma vida muito activa. Sinto-me tranquila e em paz". 

 .