PRATICAR A CAMINHADA NA TERCEIRA IDADE AJUDA O IDOSO A VIVER COM MAIS SAUDE

O crescimento da população idosa é um fenômeno global. Segundo a Organização das Nações Unidas, de 1950 até hoje, o número de indivíduos com mais de 60 anos no planeta triplicou: são 606 milhões de pessoas nessa faixa etária. Com isso, há preocupação com o bem-estar dos idosos e com a melhoria da sua qualidade de vida.


Caminhada na terceira idade é atividade ideal

Alguns aspectos são importantes para a manutenção da saúde de qualquer pessoa, mas principalmente na população idosa, como uma alimentação adequada, convivência social e a prática regular de atividades físicas. A caminhada na terceira idade é a atividade física ideal, já que pode trazer vários benefícios ao corpo.

Neste artigo, você entenderá qual a importância da caminhada na terceira idade e seus inúmeros benefícios ao corpo e a mente. Confira!

Caminhada na terceira idade reduz doenças

A caminhada na terceira idade é muito indicada por ser um exercício bastante prático, sem contraindicação e, além disso, sem custo algum. Outra grande vantagem da atividade é que elapode ser feita em qualquer lugar, seja nas ruas, na praia, nos parques, nas pistas de atletismo, etc.

Mas para obter todos os benefícios desta prática, é preciso mantê-la de uma forma regular, ou seja, no mínimo três vezes na semana. Com 30 minutos de caminhada na terceira idade, em uma intensidade moderada, aquela em que você precisa respirar um pouco mais forte do que o normal, é possível reduzir o risco de doenças cardiovasculares, diabetes e até alguns tipos de câncer.

Segundo estudo publicado na revista médica JAMA, a caminhada na terceira idade pode diminuir o risco do idoso se tornar fisicamente incapaz. A pesquisa foi realizada por oito universidades junto a 1.635 voluntários, entre eles praticantes de caminhada e sedentários.

Os voluntários foram divididos em dois grupos, um deles ganhou a recomendação de caminhar150 minutos por semana e, o outro, apenas recebeu informações sobre saúde na terceira idade.

Os resultados demonstraram que o grupo que se exercitou teve a redução de chances de ter alguma debilidade física no futuro, em relação ao outro grupo que não praticou algum exercício.

Caminhar faz bem para o corpo e a mente

Os idosos que praticam a caminhada também percebem outros grandes benefícios, como amelhora na função cardiovascular, melhora do condicionamento físico, manutenção do peso e fortalecimento dos músculos, o que evita quedas – que são muito comuns nesta idade.

Além disso, a caminhada na terceira idade pode contribuir para a redução da pressão sanguínea, a melhora dos níveis de colesterol e o combate à osteoporose. Outros benefícios são vistos na melhora da autoestima e no combate à depressão, já que a atividade aumenta a produção da serotonina, que traz a sensação de bem-estar.

Antes de começar, faça uma avaliação médica

Que a caminhada na terceira idade pode trazer inúmeros benefícios para o corpo é um fato reconhecido cientificamente, mas, para isso, é recomendada a prática regular. Outro fator importante antes de começar a praticar a caminhada é realizar uma avaliação médica e exames para avaliar as condições cardiovasculares. Com estes cuidados, é possível preservar a saúde e obter todos os benefícios deste exercício.


Esse vídeo mostra parte do trabalho da Secretaria Municipal do Esporte e Lazer de Curitiba na Praça Ouvidor Pardinho, unidade de referência no atendimento ao idoso, no que se refere à prática de exercício orientado e incentivo à caminhada.



http://doutissima.com.br/2014/07/22/praticar-caminhada-na-terceira-idade-ajuda-o-idoso-viver-com-mais-saude-14636776/