IDOSOS ADEREM A MODA DOS SELFIES COMEMORANDO O SEU DIA


Há quem ainda pense que a tecnologia é apenas uma ferramenta usada por jovens, mas a moda das ‘selfies’ já caiu no gosto do público da terceira idade.
É o que mostra a manicure Maria de Lurdes Melo, de 66 anos, que participa do 35º Encontro da Feliz Idade, que termina nesta sexta-feira (2), em Poços de Caldas (MG).

A manicure, que é de Nova Era (MG), participa pela terceira vez do evento realizado na cidade e conta que a idade não a impede de ser adepta do estilo das fotos do momento.
“A tecnologia não é só para os jovens. Nós, com mais de 60 anos, também podemos usar o celular para registrar cada sorriso. E, aqui em Poços, eu já registrei milhares de sorrisos de cumplicidade, depois eu mando as fotos para os amigos através do aplicativo de mensagens”, conta Maria de Lurdes.

A semana marcou a data que lembra o Dia do Idoso, comemorado nesta quinta-feira (1º), justamente o dia em que nasceu ‘seo’ Dovenir, de Poços de Caldas (MG). Ao lado da esposa, com quem mantém um relacionamento há 52 anos, o mecânico aposentado era só sorrisos.

“Quer melhor forma de comemorar a feliz idade do que esta? Hoje (1º), é meu aniversário e estou extremamente feliz por poder comemorar a data, na cidade onde nasci, me casei e criei meus quatro filhos. Ah, e tem ainda nove netos. Comemoração que faço questão que seja ao lado da minha querida esposa e destes tantos amigos que estão aqui na cidade”, disse o mecânico aposentado.

O evento que reuniu durante a semana cerca de 1650 senhores e senhoras, vindas de 14 estados de 164 municípios brasileiros, é palco para muitas outras histórias e uma delas é a de dona Irany Moniz da Silva, de 74 anos. A educadora aposentada, do Rio de Janeiro (RJ), que há um ano perdeu o único filho que morreu de enfarto, carrega muita saudade no coração, mas estampa nos cabelos, a alegria de quem conseguiu seguir em frente.

“Eu sou uma perua! Adoro viver a vida intensamente, acredito que o meu propósito é espalhar alegria para as pessoas e não me importo com o que os outros pensam da minha aparência. Tanto é que para 2016 vou pintar meu cabelo de rosa choque. Já decidi”.

Perguntada sobre o espírito jovem ela deu uma resposta com muito bom humor.

“Eu sou uma 'gatosa'! Sabe o que é isso? Eu explico, é uma gata idosa. Eu não bebo, não fumo e envelheci, mas gosto de ser chamada de maluca, porque eu mantenho o meu espírito jovem e não sou como alguns idosos que conheço, que são rabugentos”, explica a aposentada.

Mas entre um cabelo grisalho e tantos outros tons de cinza, encontramos cerca de 43 estudantes do curso de fisioterapia da Puc Minas, uma delas era Isabelle Cristiano Proença de Souza.

“Montamos um grupo com a turma da faculdade e, juntos com nossos professores, desenvolvemos a ‘Oficina do Corpo – Viva o Movimento’ que estamos implantando aqui no evento. Pude ouvir muitas histórias lindas que me faz querer seguir confiante na profissão que eu escolhi. A alegria deles é inacreditável e quero chegar aos 80 anos assim como eles”, revela a jovem.

Teve também quem dançou, cantou e esbanjou vitalidade, mesmo aos 86 anos. É o caso de ‘seo’ Alício Barbosa, de Brasília (MG), que mostrou muita disposição e samba no pé, enquanto a música ditava o ritmo do evento.

“Participar deste evento é uma inspiração para o mundo. Eu penso que a velhice está na cabeça das pessoas. Se eu gosto de dançar, eu vou lá e danço. Se eu sei cantar, eu vou e canto. É assim que tem que ser. Sou um velho muito ativo”, revela o baiano que há mais de 60 anos mora no Distrito Federal.

35ª Encontro Feliz Idade
O evento que está na sua 35ª edição, completa 17 anos desde que foi realizado pela primeira vez, em Poços de Caldas. Voltado para o público da terceira idade o encontro nasceu da necessidade de reunir senhores e senhoras para momentos de alegria e descontração.

“Com o sucesso das primeiras edições, os próprios participantes solicitaram que o evento fosse realizado em outras cidades, e hoje, ele é itinerante. Em cada edição, abordamos um tema, desta vez escolhemos falar de renovação e nada melhor do que reunir a feliz idade, nesta feliz cidade para celebrar a felicidade”, disse o organizador do evento, Daniel Moura.

Durante toda a semana, os participantes participaram de shows, bailes, palestras, desfile de modas, atividades recreativas como hidroginástica, yoga, tai chi chuan, relaxamento, caminhadas, passeios, bingos, dança sênior, dança de salão, city tour e outras atividades voltadas para quem busca, antes de tudo, a felicidade. Atividades desenvolvidas em cima do tema “renovAção”.

Além de Poços de Caldas, o encontro tem sido organizado em cidades como Águas de Lindóia (SP), Caldas Novas (GO), Campos do Jordão (SP), São Lourenço (MG), Olímpia (SP) e Araxá (MG) e, atrai senhores e senhoras, provenientes ou não de Grupos de Terceira Idade e ONGs de todo o país.


O 35º Encontro da Feliz Idade termina nesta sexta-feira (2) com a realização de uma missa com o Padre Saggio, a partir das 9h30, no Palace Casino.


VEJA TAMBÉM:





GUIA PRATICO DO CUIDADOR DE IDOSOS







CURATELA DO IDOSO INCAPAZ